index album album1 folclore futebol sobremim interesses links livro de visitas

Ordenação heráldica do brasão e bandeira Publicada no Diário da República, III Série de 19/02/2002.

ARMAS - Escudo de ouro, monte de verde nascente de um ondado de prata e azul de três tiras e encimado por gavela de trigo de verde, atada de púrpura; em chefe, duas abelhas de negro, realçadas de prata. Coroa mural de prata de quatro torres. Listel branco com a legenda a negro: “ CALDE “ - BANDEIRA: Esquartelada de verde e amarelo, cordões e borlas de ouro e verde. Haste e lança de ouro.


 

Símbolo da A. S. C. D.  R. de Calde

onde fica

Situada na margem direita do Rio Vouga, Calde apresenta seguros vestígios dum povoamento anterior à romanização. Hoje ocupa uma área de 3 836 ha no planalto que rodeia a cidade de Viseu na sua extremidade Norte.

Calde é um povoado que aparece referido ao tempo das Inquisições do Séc. XIII, sob a denominação de Caldi ou Caldy.

Calde integra-se num planalto em redor de Viseu, onde convergia desde os tempos da romanização, uma densa teia de ruas e estradas, havendo ainda vestígios das mesmas, mantendo a ponte do Almargem sobre o rio Vouga os traços da romanização. 

Em Julho de 2002 foi editado o livro - CALDE A TERRA E A GENTE de autoria  do nosso conterrâneo, Joaquim de Oliveira Rouxinol, onde são retratados aspectos históricos, culturais e religiosos desta aldeia, bem como das restantes 6 aldeias que compõem a freguesia.

 

 

 

 

.

A todos os vistantes desta página quero pedir desculpas por a mesma não ser actualizada em tempo útil, no entanto, dentro do possível, e da minha disponibilidade, eu prometo que a mesma vai sendo actualizada. Poderá até não estar muito longe uma profunda reforma, é uma questão de tempo. A todos o meu muito obrigado pelas sugestões e críticas construtivas. 

Valentim Matias Rodrigues -  Autor deste site

Valentim Matias Rodrigues -  Autor deste site

A